Dossiê Especial: Evidências Científicas em Homeopatia

Prezados Homeopatas e Amigos,

Para desmistificar a falácia ou pós-verdade de que “não existem evidências científicas em homeopatia”, disseminada indistintamente em todos os meios, a Câmara Técnica de Homeopatia do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) elaborou o Dossiê Especial “Evidências Científicas em Homeopatia”, que acaba de ser disponibilizado online na Revista de Homeopatia da Associação Paulista de Homeopatia (APH):

Englobando 11 revisões sobre diversas linhas de pesquisa existentes nos mais variados campos da ciência, as quais comportam centenas de artigos científicos publicados em periódicos distintos, esse dossiê evidencia à classe médica e científica, assim como ao público em geral, o estado da arte da pesquisa homeopática:

Editorial: Aos que clamam pelas evidências científicas em homeopatia

Homeopatia: um breve panorama desta especialidade médica

Panorama mundial da educação médica em terapêuticas não convencionais

Fundamentação científica do princípio de cura homeopático na farmacologia moderna

A solidez da pesquisa básica em homeopatia

Efeito de ultradiluições homeopáticas em modelos in vitro: revisão da literatura

Efeito de ultradiluições homeopáticas em plantas: revisão da literatura

Pesquisa clínica em homeopatia: revisões sistemáticas e ensaios clínicos randomizados controlados

Estrogênio potencializado no tratamento homeopático da dor pélvica associada à endometriose: Um estudo de 24 semanas, randomizado, duplo-cego e placebo-controlado

Estudo clínico, duplo-cego, randomizado, em crianças com amigdalites recorrentes submetidas a tratamento homeopático

O medicamento homeopático provoca efeitos adversos ou agravações medicamento-dependentes?

O medicamento homeopático provoca sintomas em voluntários aparentemente sadios? A contribuição brasileira ao debate sobre os ensaios patogenéticos homeopáticos

Apesar das dificuldades e limitações existentes para o desenvolvimento de pesquisas na área, tanto pelos aspectos metodológicos quanto pela ausência de apoio institucional e financeiro, o conjunto de estudos experimentais e clínicos citados, que fundamentam os pressupostos homeopáticos e confirmam a eficácia e a segurança da terapêutica, é prova inconteste de que “existem evidências científicas em homeopatia”, ao contrário do preconceito falsamente disseminado.

Com a elaboração e a divulgação desse dossiê, sob os auspícios da Câmara Técnica de Homeopatia do CREMESP, esperamos esclarecer e sensibilizar os colegas de profissão sobre a validade e a importância do emprego da homeopatia como prática médica adjuvante e complementar às demais especialidades, segundo princípios éticos e seguros, a fim de se ampliar o entendimento do processo de adoecimento humano e o arsenal terapêutico, incrementar o ato médico e sua resolutividade nas doenças crônicas, minimizar os efeitos adversos dos fármacos modernos e fortalecer a relação médico-paciente, dentre outros aspectos. Dessa forma, poderemos trabalhar unidos em torno da “mais elevada e única missão do médico que é tornar saudáveis as pessoas doentes, o que se chama curar” (Samuel Hahnemann, Organon da arte de curar, § 1).

Atenciosamente,

Marcus Zulian Teixeira
www.homeozulian.med.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *