Divulgação do dossiê “Evidências Científicas em Homeopatia” (CREMESP) na Revista da Associação Médica Brasileira (RAMB)

Prezados Homeopatas e Amigos,

Com enorme satisfação, informo que o Dossiê Especial “Evidências Científicas em Homeopatia”, publicado em 2017 na Revista de Homeopatia (APH) sob os auspícios da Câmara Técnica de Homeopatia do CREMESP, acaba de ser divulgado na Revista da Associação Médica Brasileira (RAMB), na seção “Editorial”:

Assumindo importante papel na literatura médico-científica nacional e internacional, a Revista da Associação Médica Brasileira (RAMB), editada pela Associação Médica Brasileira (AMB) desde 1954, tem por objetivo publicar artigos que contribuam para o conhecimento médico. A RAMB é indexada nas bases de dados SciELO, Science Citation Index Expanded (SCIE), Scopus, Web of Science, Institute for Scientific Information (ISI), Index Copernicus, LILACS, MEDLINE e CAPES – QUALIS B2. Atualmente, a revista é produzida apenas em versão online, de livre acesso em (www.ramb.org.br) e os artigos são publicados na língua inglesa.

Juntamente com demais divulgações em outros meios de comunicação brasileiros de destaque, tanto em entidades representativas da classe médica (CREMESP1, CREMESP2, CFM), quanto em instituições de renome no ensino e na pesquisa científica (Jornal da USP, Rádio USP) e em bases de dados científicos (HomeoIndex, Portal Regional da BVS, BVS-Homeopatia), esta publicação reitera a importância do dossiê como instrumento de informação e esclarecimento para dirimir preconceitos fortemente arraigados à cultura médico-científica e, consequentemente, ao conhecimento popular.

Associando essas publicações à recente divulgação do dossiê no prestigioso periódico britânico Homeopathy, que por si só endossa a qualidade do material, estamos cumprindo o ideal de disseminar os pressupostos e as evidências científicas da homeopatia a todos os segmentos da sociedade, atuando como meio facilitador para que um maior número de pacientes entendam as paticularidades do modelo homeopático e possam se beneficiar desta bissecular arte de curar.

Em especial, agradecemos ao Prof. Dr. Carlos Vicente Serrano Junior, Editor-chefe da RAMB, pelo reconhecimento da importância da “Correspondência” encaminhada inicialmente, alçando-a à posição de destaque do “Editorial”.

Atenciosamente,

Marcus Zulian Teixeira
www.homeozulian.med.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *